fbpx

Dia do Consumidor

diadocunsumidorbrasil

A imagem acima chama sua atenção?

Um conjunto de cores contrastantes, criada assim pra chamar sua atenção! Mas ela foi alterada por mim depois de tudo que acompanhei durante a noite do dia 18/03/2014 e todo o dia 19/03/2014, o “Dia do Consumidor“.
Depois da alteração ela está dentro da realidade de nós brasileiros, que vivemos em um país onde a transparência e a honestidade impera….

#SQN

Tudo indica que a ideia de seguir o “sucesso” da Black Friday Brasil deu certo, porque aconteceu exatamente o que aconteceu no ano passado. Preços alterados, obviamente sempre pra cima, para mascarar as ofertas para o tão esperado dia do consumidor.

Sim houveram lojas que deram grandes descontos mas infelizmente foram a exceção à regra. Devo dizer que falo isso com base em produtos na área de informática e telefonia móvel.

Mas uma vez tivemos grandes lojas que maquiaram seus preços indicando algumas vezes mais de 50% de desconto em produtos que nunca, nem no lançamento tiveram o preço indicado pela loja como preço sem desconto,  caso do Shoptime que anunciou um Samsung Galaxy S3 Mini de fantasiosos R$1.199,00 por R$585,00. Vale lembrar que o smartphone citado desde de 2013 vem sendo comercializado a menos de R$800,00. Foi dado um desconto? Sim, houve desconto mas esse não é o problema, nós que acompanhamos os preços desses produtos dificilmente seríamos lesados por tal manipulação, entretanto um leigo só enxergaria o percentual indicado e é óbvio que qualquer coisa acima de 40% já é um sinalizador importante, falso mas importante.

O Buscapé em página dedicada explica a data, a ideia e lista as lojas parceiras no projeto mas tudo indica que não fiscaliza ou simplesmente faz vista grossa.

Além do exemplo do Galaxy S3Mini ofertado pelo Shoptime tivemos ainda outras lojas que manipularam os valores sem desconto dos produtos para indicar um maior percentual de desconto, veja:

Magazine Luiza dando 64% de desconto no LG GPad.
De R$1.499,00 por R$964,00… Mesma coisa, nem no lançamento ele custava esse absurdo!

O Daniel Justino, do DarkFox Online também escreveu a respeito e foi de lá que vi a “oferta” abaixo…

Walmart dando 45% de desconto no Motorola Moto X.
De R$1.999,00 por R$1099,00… e lá vamos nós novamente… o preço de lançamento do Moto X foi de R$1.799,00

E por aí vai….
Confesso que está cada vez mais difícil acreditar em lojas que deveriam ser referência de transparência e honestidade.

O blog Android Place possui uma conta na Lomadee. Recebemos regularmente planilhas com descontos de produtos e posso afirmar que durante os últimos meses tivemos ofertas muito mais atrativas do que as do “Dia do Consumidor” que infelizmente seguiu a máxima “A metade do dobro do preço!“.

Faltou comprometimento das empresas e também do grupo Buscapé na fiscalização dos preços. Até hoje dia 20/03/2014 o que entendo é que o “vamos lucrar a qualquer custo” é o que está valendo para todos. Aproveito ainda pra dizer que o que mais me deixou chateado foi postar as ofertas manipuladas no Facebook mencionando o Procon-SP e Procon-RJ e não ter recebido retorno algum a respeito.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *