ComparativosSmartphones

Motorola Fire: o primeiro Android dual-chip da Motorola

0

A Motorola Mobility, braço da Motorola que cuida as operações de telefonia, anunciou no final do ano passado a chegada de mais um produto ao portfólio de smartphones rodando o sistema operacional Android. Denominado “Motorola Fire”, o dispositivo é o primeiro da fabricante com suporte a dois chips simultâneos. Dá para usar chips de duas operadoras sem ter que trocar de aparelho – ou de chip no mesmo aparelho –, garantindo economias.

O Motorola Fire tem visor touchscreen de 2.8 polegadas com resolução QVGA (320×240 pixels); que não é de alta densidade, tendo em visto a quantidade de pixels por polegada. Dando vida ao celular há processador Qualcomm de 600 MHz e memória RAM de mais 256 MB. Novamente, as especificações confirmam que se trata de um aparelho low-end.


A opção por embutir dois slots de SIM Card no Motorola Fire confirmam a tendência no mercado brasileiro de um mesmo assinante ter contas em operadoras distintas. Dessa forma, o usuário se beneficia das chamadas intra-rede (por exemplo, de TIM para TIM ou de Vivo para Vivo), que costumam custar menos.
O Fire a Motorola também destaca a presença de teclado QWERTY físico. Ele fica abaixo do visor, como nos acostumamos a ver em aparelhos da RIM e similares. Ele possui a aparência de um smartphone convencional, embora seu visor possua tecnologia touchscreen.
O dispositivo roda Google Android 2.3, a versão mais atual e amplamente disponível do sistema. Pelas especificações, fica bem difícil de acreditar que ele receberá atualização para o Android 4, mais conhecido como Ice Cream Sandwich.
O Motorola Fire está disponível no varejo por aproximadamente R$649,00.

LG Optimus Net Dual, Android com dois chips

Previous article

LG Optimus Net Dual P698 vs Motorola FIRE (Smartphones Dual Chip)

Next article

You may also like

More in Comparativos

Comments

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *