AplicativosTecnologia

Tinder anuncia alerta dedicado a segurança da comunidade LGBTQ+

0

Aplicativo é pioneiro na implementação de notificações que indicam a usurário que ele está em um país que criminaliza relações homoafetivas

O Tinder, aplicativo de relacionamento líder no mundo, anuncia hoje mais uma nova ferramenta de segurança que vai alertar os usuários quando eles estiverem utilizando o app em alguns dos 70 países que ainda tem leis que criminalizam ser LGBTQ+.

Baseado nas preferências de pesquisa de cada usurário, o Travel Alert aparecerá na tela do celular assim que o Tinder for aberto pela primeira vez em algum destes locais, visando aconselhar as pessoas sobre os possíveis perigos.

Como parte desta atualização, os usuários que se identificam como LGBTQ+ não vão mais aparecer automaticamente no Tinder quando abrirem o aplicativo em algum destes 70 países.

Assim que o alerta for exibido – com base na geolocalização – os usuários terão a opção de permanecer ocultos no Tinder ou optar por tornar seu perfil público nestas áreas para que possam se conectar com novas pessoas e realizar matchs.

Se a/o usuário tiver adicionado sua orientação sexual e/ou identidade de gênero ao perfil, estas informações não serão exibidas até que a pessoa esteja fora destas áreas de risco.

O Travel Alert vai aparecer na tela quando os usuários estiverem presencialmente nestes países e também caso esteja utilizando a função Passaporte.

“Embora acreditemos na individualidade de cada um e no seu direito de ser quem quiser, a realidade infelizmente é que nem todos país é um local seguro para a comunidade LGBTQ+”, diz Elie Seidman, CEO do Tinder.

“Como um aplicativo que recebe a todos – não importa sua identidade de gênero, orientação sexual ou localização física -, esse alerta é uma maneira de ajudar nossa comunidade a ficar mais consciente dos riscos injustos que certos locais oferecem. A segurança de nossos usuários é uma prioridade – e esse alerta é mais um dos muitos passos que estamos tomando para ajudar a protegê-los”.

Para desenvolver este alerta o Tinder contou a colaboração da ILGA World, que mapeou os lugares onde o aviso deveria ser implantado. Após o alerta, caso os usuários quiserem saber mais sobre o assunto eles serão direcionados para a página da ILGA World dedicada as leis de orientação sexual pelo mundo.

Orgulho LGBTQ+

Pouco tempo atrás o Tinder divulgou seu seu estudo de comportamento da comunidade LGBTQ+ nos aplicativos de relacionamento e namoro online.

A pesquisa, realizada no Brasil, revela que a comunidade LGBTQ+ sente que houve uma mudança drástica no estigma em torno da homossexualidade nos últimos 5 anos: 75% dos entrevistados afirmam que hoje há menos tabu do que havia 5 anos atrás, tendo os aplicativos de namoro como grandes aliados nesta luta – 86% dos adultos pertencentes a comunidade LGBTQ+ acreditam que os apps os beneficiaram de forma positiva.

ASUS ROG Phone II alcança marca de dois milhões de unidades reservadas na China em 24 horas

Previous article

Golpe que simula consulta para saque do FGTS já atingiu mais de 100 mil brasileiros

Next article

You may also like

More in Aplicativos

Comments

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *